Compartilhe

Em 2012, alunos da Universidade de Yale descobriram uma espécie rara de cogumelo que pode comer plástico. O cogumelo se chama Pestalotiopsis microspora e vem da floresta Amazônica. Os fungos são capazes de sobreviver apenas com plástico! Consome poliuretano (principal ingrediente dos produtos plásticos) e o converte em matéria orgânica.

A terra não compartilha nosso preconceito em relação ao plástico. O plástico saiu da terra. A Terra provavelmente vê o plástico apenas como mais um de seus filhos. Pode ser a única razão pela qual a Terra nos permitiu ser gerados a partir dela. Queria plástico para si …

O fato de também poderem viver sem oxigênio os torna os candidatos perfeitos para a limpeza de aterros. No entanto, se essa é uma tarefa muito grande para os cogumelos realizarem, os cientistas acreditam que suas habilidades de consumo de plástico poderiam ser aplicadas no ambiente doméstico. Eles imaginam um mundo onde os kits de reciclagem caseiros podem fazer parte dos eletrodomésticos comuns da cozinha, talvez junto com um fogão e uma geladeira, por exemplo. Além disso, os centros comunitários de reciclagem podem ter sistemas de fungos integrados para utilizar este processo.

Agora aqui está a parte divertida … eles também são comestíveis! Um estudo foi conduzido por Katharina Unger, da Universidade de Utrecht, para o LIVIN Studio, para ver quais cogumelos podem consumir poliuretano. Acontece que esse fungo amazônico não é o único. Existem várias outras espécies de cogumelos que podem comer plástico, e algumas delas são comuns, como o cogumelo ostra, que também é comestível. Segundo Unger, uma vez que o cogumelo tenha comido tudo, não sobra plástico no produto final (o cogumelo). Ela diz que eles têm um gosto “doce com o cheiro de erva-doce ou alcaçuz”.

A lista de benefícios continua em um relatório de cientistas do Kew Gardens, em Londres. Seu primeiro State of the World Fungi 2018 confirma que não apenas os cogumelos podem ajudar a quebrar o plástico, mas seus produtos acabados podem ser usados ​​para criar móveis e materiais de construção (“tijolos de cogumelo”). Os benefícios adicionais incluem a capacidade dos cogumelos de remover poluentes do solo e permitir a conversão de resíduos em biocombustíveis. Essas incríveis habilidades dos cogumelos deram aos cientistas, bem como aos líderes em arquitetura e design, uma maneira de ver o futuro com olhos esperançosos.

Comments

No comments yet. Why don’t you start the discussion?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *